Atividade física inibe vontade de comer alimentos calóricos

Praticar atividades físicas traz imensos benefícios para a saúde, como controle de peso, benefícios para o coração, controle do colesterol, entre outros. Quem se exercita também tem retorno positivo no aspecto estético, como definição muscular e queima de gordura.

Quem leva uma vida saudável e acompanha o blog e a página Academia 24h Oficial sabe disso. A novidade que surgiu, recentemente, vem para dar mais ânimo para treinar: fazer exercícios diminui o apetite por alimentos pouco (ou nada) saudáveis e aumenta a vontade por refeições com legumes e frutas. Essa foi a conclusão de uma pesquisa realizada pela University of Aberdeen, na Escócia, e divulgado pelo jornal American Journal of Clinical Nutrition.

Estudos e testes

Quinze homens saudáveis correram em uma velocidade alta durante uma hora. Depois, foram submetidos a um exame de ressonância magnética ao mesmo tempo em que olhavam para imagens de alimentos pouco ou muito saudáveis. Na segunda fase do estudo, os participantes foram submetidos ao mesmo um exame de ressonância, mas após terem passado uma hora descansando.

Nosso foco estava em uma região do cérebro chamada ínsula. A ativação dessa área é aumentada antes de comermos e quando ingerimos alimentos que consideramos agradáveis”, diz Daniel Crabtree, que coordenou o estudo.

Redução da fome

Os resultados mostraram que após a prática do exercício físico, a atividade da ínsula foi menor quando os homens olharam para alimentos calóricos (pizza, hambúrgueres, etc) do que quando olharam para alimentos saudáveis (maçãs, cenouras, entre outros).

A teoria dos pesquisadores é a de que, após uma atividade física intensa, o corpo precisa repor água – e o seu cérebro entende que alimentos mais saudáveis e frescos são melhor fonte do líquido e, portanto, conseguirão satisfazer essa necessidade.

Essa pesquisa dá ainda mais gás para seguir focado nos treinos e com a certeza de que o próprio organismo auxilia que se mantém determinado.

 

 

*Com informações da Veja SP.

Posts relacionados

Deixe um comentário