Cigarro prejudica o rendimento nos treinos

Treino combina com dedicação.

Treino combina com suor.

Treino combina com água.

Treino não combina com cigarro.

Doenças e problemas

Quem se dedica à saúde e qualidade de vida sabe que fumar não está com nada. No entanto, existem aqueles que treinam forte, com foco e determinação, mas não deixam o vício.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 10,8% dos brasileiros são fumantes. E os homens (12,8%) gostam mais de cigarro do que as mulheres (9%).

Segundo o oncologista, Dr. Drauzio Varella, o tabagismo é responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão. Além disso, o cigarro pode causar impotência sexual, infertilidade masculina e câncer de mama.

correndo na esteira_baixaCigarro x treino

Para quem treina, veja quais são os principais efeitos do cigarro no desempenho.

Rendimento aeróbico – O fumo age diretamente na respiração, reduzindo a quantidade de oxigênio absorvido pelo sangue. Dessa forma, o desempenho durante um treino ou atividade aeróbica não será o mesmo. 🙁

Redução de oxigênio – Entre as mais de 4.000 substâncias químicas presentes no cigarro, está o monóxido de carbono (CO) que, em contato com a hemoglobina do sangue, dificulta a oxigenação, ou seja, priva alguns órgãos de oxigênio. Consequentemente, há uma queda considerável de força e desempenho do corpo nas atividades físicas. 🙁

Ganho de massa – A nicotina atrapalha o organismo a absorver os nutrientes necessários para ter músculos saudáveis, influenciando diretamente no ganho de massa muscular. 🙁

Combata o vício

Substitua o cigarro pela atividade física.

Quando o corpo se exercita, estimula a produção de endorfina, responsável por proporcionar bem-estar e reduzir a ansiedade – sensação semelhante a que os fumantes sentem ao acender um cigarro. Com isso, o treino vai ajudar a ter uma vida saudável e se livrar deste péssimo hábito.

Posts relacionados

Deixe um comentário