Circuito funcional exercita o corpo todo

Na escola, as aulas de educação física eram compostas por exercícios com saltos, giros, agachamentos, corrida, entre outras atividades. Isso porque, a intenção do professor era fazer com que a galerinha mexesse o corpo todo!

Hoje, com o Circuito Funcional, o objetivo do professor não é muito diferente, porém os ganhos e os esforços físicos são beeeeem maiores do que naquela época.

Trabalhando tudo junto

O Circuito Funcional nada mais é que exercícios que utilizam o peso do próprio corpo.

No formato mais tradicional, as atividades aeróbicas e de força são realizadas quase sempre em treinos separados.  No entanto, com este treino, os movimentos feitos envolvem todos os grupos musculares. Assim como o TRX, o circuito é personalizado, pois a carga varia de acordo com cada pessoa e o professor adequa os movimentos de acordo com as necessidades de cada aluno.

Circuito funcional funciona

Após uma aula de 45 minutos, o aluno perde cerca de 600 calorias. Com esta alta queima calórica, o circuito tem sido bastante procurado e a cada semana ganha novos adeptos.

“Os exercícios podem ser realizados de várias formas e o corpo é trabalhado por inteiro. Por isso, os alunos estão curtindo as aulas e se interessando cada vez mais”, disse a professora Tabata Matias, da Academia 24h.

Com o circuito é possível tonificar e alongar os músculos, reduzir o percentual de gordura, desenvolver força, além de melhoras na postura corporal, equilíbrio, flexibilidade e capacidade cardiorrespiratória.

Posts relacionados

Deixe um comentário