Dormir bem garante saúde e disposição para treinar

Alimentação balanceada e uma rotina de exercícios contribuem para um estilo de vida mais saudável. No entanto, para que o desempenho no trabalho, em casa e até durante os treinamentos não seja comprometido também é importante estar com a saúde do sono em dia.

Não dormir tempo suficiente, segundo neurologistas do Instituto do Sono, interfere no metabolismo, aumenta o risco de depressão, obesidade e diabetes, gera irritabilidade e queda na concentração.

E quantas horas são ideais para dormir bem?

De 7 a 9 horas.

O organismo de quem dorme menos registra uma espécie de ‘saldo devedor’ do sono e depois cobra a conta descontando na saúde. Se o corpo estiver muito cansado, o cérebro desliga por segundos. Por exemplo, quando um motorista apaga ao volante.

Durante uma semana corrida, em que não é possível dormir a quantidade de horas adequada, pague a dívida no fim de semana. Durma no horário de sempre e desligue o despertador. Provavelmente, você vai dormir de duas a três horas a mais que o normal. Para a A University of Wisconsin–Madison, o cérebro compensa assim as noites mal dormidas.

Veja algumas táticas que ajudam a combater a insônia:

  • Tenha horários certos para dormir e acordar. Isso força o corpo a produzir melatonina (hormônio do sono) na hora certa;
  • Mantenha o quarto escuro (a luz atrapalha a produção de melatonina) e sem ruídos;
  •  Não beba café, determinados chás (mate, preto, branco, verde) e refrigerantes perto da hora de dormir. Eles são estimulantes e irão inibir o sono;
  •  Se tiver dormido pouco nas noites anteriores, evite dormir durante o dia. O ideal é forçar o corpo a entrar no ritmo;
  •  Não exagere no jantar. A digestão pesada pode mantê-lo acordado. Ao mesmo tempo, não vá para a cama em jejum. A falta de glicose no sangue libera adrenalina e deixa você agitado.

Ter um sono de qualidade reflete na disposição e no gás para enfrente a maratona do dia seguinte. Por isso, durma bem e tenha uma rotina mais agradável.

Veja mais sobre o assunto em: Exercícios físicos melhoram a qualidade do sono.

Posts relacionados

Deixe um comentário