Fortaleça o sistema imunológico com a alimentação certa

#

Basta um vento mais frio, o sol ficar mais tímido e, por vezes, cair uma chuva para o sistema imunológico e o nariz roubarem a cena.

Em razão às baixas temperaturas, é mais comum as pessoas ficarem mais aglomeradas, em lugares fechados, facilitando a transmissão de vírus. Números do Hospital Paulista apontam que quando a umidade do ar está abaixo de 40%, aumenta a probabilidade de propagação de doenças.

Prepare seu corpo para encarar o inverno

Atenção ao sistema imunológico

O sistema imunológico protege o corpo contra vírus e infecções, por isso, é importante levar uma vida saudável, aliás, exercitar o corpo fortalece o organismo.

Outro fator essencial é a alimentação. Os alimentos desempenham um papel  importante na imunidade, pois o sistema imunológico necessita de energia para seu funcionamento e de vários nutrientes para a formação de células e outras substâncias envolvidas no processo de defesa.

Segundo o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CONSEA-SP), os principais nutrientes que fazem esta função de fortalecimento são: vitaminas A, C e E, ácido fólico, o zinco e o selênio.

Coma bem no inverno e evite as gordurinhas a mais

Prepare o carrinho do supermercado

Tome nota da relação de alimentos que possuem estes “defensores da saúde”.

Cenoura, abóbora, fígado, batata-doce, damasco seco, brócolis e melão cantaloupe (polpa alaranjada) – vitamina A.

Gérmen de trigo, óleos de soja, arroz, milho, girassol, amêndoas, nozes, castanha-do-Pará, gema, vegetais folhosos e legumes – vitamina E.

Acerola, frutas cítricas (limão, laranja e lima), kiwi, caju, tomates, vegetais folhosos crus, morangos, repolho e pimentão verde – vitamina C.

Fígado, feijão e vegetais folhosos verdes-escuros (brócolis, couve e espinafre) – ácido fólico.

Carnes, peixe (incluindo ostras e crustáceos), aves, leites, cereais integrais, feijões e nozes – zinco e selênio.

Posts relacionados

Deixe um comentário