Intervalos durante corrida ajudam a aumentar resistência cardiovascular das mulheres

Quando se trata de correr, o treino intercalado com intervalos beneficia mais às mulheres que aos homens, é o que afirma um estudo divulgado pela Universidade Estadual Bowling Green, de Ohio, nos Estados Unidos.

Pesquisadores analisaram o comportamento de oito homens e oito mulheres, com idades entre 19 e 30 anos, durante os testes de corrida de alta intensidade com intervalos. Por quatro minutos, os participantes correram intensamente, com uma pausa de recuperação em ritmo moderado, que durava um, dois ou quatro minutos. Eles correram em um total de seis intervalos e deveriam escolher o ritmo que achavam suportável. Segundo o levantamento, as mulheres foram as que mais se aproximaram de seus limites cardiovasculares, sugerindo um trabalho cardíaco mais eficaz.

“Nesse caso, homens e mulheres tendem a trabalhar no mesmo nível de esforço e se sentem igualmente recuperados entre cada intervalo. No entanto, nas corridas com intervalos, as mulheres costumam se esforçar mais do ponto de vista cardiovascular”, explicou o pesquisador Matt Laurent.

Em entrevista ao Journal of Strength and Conditioning, os pesquisadores relataram que os homens correram em um ritmo mais rápido, mas foram as mulheres que se aproximaram do limite máximo de batimentos cardíacos e consumo de oxigênio, apesar de ambos os grupos terem se esforçado igualmente.

Diante destes resultados, a dica para obter respostas de forma prazerosa e saudável é confiar na sensação de bem-estar, e não apenas no aumento da velocidade. Por isso, siga as instruções do professor.

Posts relacionados

Deixe um comentário