Jiu-jítsu é esporte para o corpo e a mente

Um dos segredos de grandes lutadores profissionais, como Anderson Silva ou Vítor Belfort, para manter o condicionamento físico, definir os músculos e, de quebra, ainda queimar calorias é o Jiu-jítsu .

A modalidade está em alta no mundo todo, em função do sucesso do Mixed Martial Arts (MMA), mas o que poucos sabem é que por trás de uma simples luta, o Jiu-jítsu  traz muito benefícios para o corpo e a mente.

O esporte tem como princípio a defesa pessoal usando golpes estratégicos para desarmar e imobilizar o adversário. No entanto, o professor da Academia 24h, Roberto Barão destaca que a modalidade não usa a violência em suas lutas. “A atividade exige muito contato físico, mas não é violenta, não existe força e sim técnicas de imobilização. Jiu-jítsu , em japonês, quer dizer arte suave”, disse.

A prática constante do esporte melhora a capacidade cardiovascular e respiratória, aumenta a flexibilidade e ainda produz endorfina, hormônio capaz de tranquilizar e dar sensação de bem-estar.

Jiu-jítsu  emagrece?

No Jiu-jítsu  os exercícios de aquecimento são em maior parte aeróbicos, de baixa a media intensidade, seguidos por atividades localizadas, que visam fortalecer os músculos que serão usados durante a aula até chegar à prática efetiva da luta. “Durante uma aula é possível queimar entre 600 e 1000 calorias”, afirmou Barão.

Esses números já ajudam a combater as gordurinhas, não?

Barriga de tanquinho

Os atletas que praticam este esporte são conhecidos por suas barrigas de “tanquinho”. A modalidade exercita todos os músculos do corpo, mas a ênfase maior é sentida no abdômen. “Ajuda a definir o grupo muscular abdominal, porém outras partes, como os ombros, os braços e o quadril, também são trabalhados”, apontou.

Enfim, o Jiu-jítsu  se mostra capaz de desenvolver habilidades como defesa pessoal, acelera o metabolismo e ajuda no controle emocional.

#Dica24h – “Para praticar o Jiu-jítsu não precisa ser forte, basta ser inteligente”, finaliza Barão.

Posts relacionados

Deixe um comentário