Não caia em gelada. Antes de treinar, aqueça!

Quem pensa que para alcançar seus objetivos basta levantar barras e anilhas ou participar das aulas, saiba que não é “só isso”.

Existem alguns detalhes que fazem toda a diferença para conquistar, de forma saudável, o corpo que tanto se quer, como alimentar-se bem e fazer um bom alongamento.

Além disso, outra fase importante, que nem sempre é lembrada, é o aquecimento.

Tem que aquecer

O aquecimento também faz parte do treino ou da aula, pois prepara o corpo para os movimentos que serão feitos. Segundo o gerente da Academia 24h, Claudio Rocha, este “pré-treino” é essencial porque também “Prepara o sistema nervoso, o organismo, a musculatura e as articulações para a atividade física e evita lesões”.

Fisiologistas do Hospital do Coração alertam para o risco maior de lesão muscular quando as temperaturas caem.

Ao aquecer, o corpo eleva gradualmente a frequência cardíaca e lubrifica as articulações.

series_repeticoes_baixaGeral ou específico?

O tipo de esporte ou atividade física que se pretende realizar influencia na realização do aquecimento. Isso porque cada exercício/aula trabalha intensivamente determinada parte do corpo.

Existem dois tipos de aquecimento: o geral e o específico.

O primeiro trabalha com exercícios envolvendo um grupo maior de músculos, pois o seu objetivo é aumentar a temperatura do corpo, fazendo com que a musculatura fique mais elástica, e preparar o sistema circulatório e respiratório para o desempenho da atividade física.

Já o específico, como o próprio nome diz, serve para trabalhar partes específicas do corpo ou para trabalhar tipos específicos de movimentos.

esteira_baixaO que fazer?

No caso da musculação, o indicado é: uma ou duas séries do primeiro exercício de cada grupamento  muscular, com um número maior de repetições e pouca carga.

Já para aeróbio: uma caminhada antes da corrida ou pedalar com menos carga.

#Dica24h: Ficou com alguma dúvida? Peça a orientação de um professor.

Posts relacionados

Deixe um comentário