Organize a geladeira em quatro passos e facilite a dieta

Quando bate uma fome de leão ou até mesmo aquela vontade de “comer alguma coisa, só não sei o quê”, a que recorremos primeiro?

À geladeira!

Sim, é nela que está grande parte dos alimentos que saciam a fome, a sede ou a gula mesmo.

No entanto, é a geladeira, também, que pode comprometer o bom andamento da dieta ou da reeducação alimentar.

Onde mora o perigo

A alimentação segue um padrão de acordo com o abastecimento da geladeira. Claro que as guloseimas podem ser estocadas em algum compartimento secreto, como atrás do pote de arroz, dentro da última gaveta do criado-mudo, entre outros esconderijos, mas é na geladeira que os alimentos podem ser conservados por mais tempo, fresquinhos e gelados.

A Academia 24h já deu seis maneiras para se manter firme na dieta e agora te passa quatro dicas de como organizar os alimentos dentro da geladeira e reduzir as chances de cometer algumas escapadinhas.

  • Não se torture. Nada de deixar aquele pudim delicioso bem na primeira prateleira, na altura dos olhos e ao alcance das mãos. Nesta região, deixe apenas alimentos que fazem parte da sua dieta;
  • Esvazie o freezer! Batatas fritas, empanados, sorvete e comida congelada quase sempre contêm sódio, açúcar e gordura em excesso;
  • Não esconda nada. Guarde a comida em recipientes transparentes e de vidro. Eles não acumulam cheiro e é possível ver qual a comida armazenada, assim também é mais fácil encontrá-la;
  • Mate a sede, não a dieta. Que tal deixar garrafas de água nas prateleiras ou na porta, ao invés da cerveja e do refrigerante?  Com a água ali, prontinha, só pegar e beber, ajuda a eliminar certos hábitos prejudiciais à dieta e à saúde.

 *Com informações da revista Boa Forma.

Posts relacionados

Deixe um comentário