Saiba como lidar com os efeitos do suor durante o exercício físico

Seja na musculação ou na ginástica, o suor marca presença durante os exercícios físicos. Durante o verão ou em altas temperaturas isso se torna ainda mais evidente.

Transpirar é a maneira pela qual o corpo se livra do excesso de calor que é produzido pelo metabolismo ou pelo trabalho muscular. Segundo educadores físicos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), dependendo da idade, do sexo, do peso, da duração e intensidade do exercício, da roupa e da temperatura ambiente, uma pessoa pode perder de 4,5 a 7,5 litros de suor por dia. Em repouso, o valor diário costuma ficar entre 600 ml e 1,5 litro.

Fazer atividades físicas durante o calor necessita de alguns cuidados relacionados à temperatura do corpo e também a transpiração. Confira algumas dicas para treinar sem encanações e ainda manter o processo de resfriamento natural do organismo.

Nada de enxugar

O suor precisa evaporar. A transformação da água em vapor é muito importante o ciclo de resfriamento do corpo. Enxugar a pele antes que o suor vire vapor, impede que esse processo chegue ao seu fim e dificulta a regulação da temperatura.

Não molhe o corpo

Jogar água no corpo parece uma ideia tentadora para minimizar os efeitos do calor. Porém, quando o corpo está molhado, a evaporação do suor fica mais difícil. De acordo com fisiologistas da Unifesp, com a água, a pele não consegue transformar a transpiração em vapor, consequentemente, o corpo continua retendo calor.

hidratacaoÁgua, água, água…

Já que suar é mais que necessário para manter a temperatura corporal adequada durante o exercício físico, o jeito é beber água para evitar a desidratação.

Use roupas largas e claras

Ao vestir roupas justas o processo de perda de calor é dificultado, aumentando a transpiração. As roupas claras retêm menos calor que as roupas escuras, o que impede o aquecimento corporal excessivo. Vale apostar em vestimentas com tecido tecnológico, que não absorvem o suor, mas facilitam a sua evaporação.

 

Posts relacionados

Deixe um comentário