Ter um músculo maior do que o outro é normal

Vimos a importância de realizar a avaliação física para determinar o melhor caminho para chegar até o nosso objetivo. Entre as análises feitas, a de composição corporal pode trazer dados curiosos sobre o nosso corpo, por exemplo, descobrirmos que temos um bíceps maior do que o outro!

Cabeça, ombro, joelho e pé

Essa diferença não é privilégio de um ou outro músculo. O tríceps, os ombros, as coxas ou até mesmo um só lado do peito ou das costas podem apresentar certa desigualdade.

rosca-arnold_baixaDon’t worry

Se isso acontecer, mantenha a calma. Segundo a coordenadora da Academia 24h, Rosana Urdiale, é comum o corpo ter um músculo maior ou menor do que o outro, e essa diferença é considerada normal em até 2 cm – praticamente imperceptível. “Por conta das tarefas diárias, utilizamos mais o nosso lado de destreza e isso acaba possibilitando a diferença entre os membros”, explica.

Dessa forma, nada que um treino de musculação voltado para esta especialidade não resolva.

Outra situação é quando, infelizmente, alguma parte precisa ficar um tempo imobilizada. Isso acaba influenciando, pois, naturalmente, usamos o outro membro que está livre. “Nestes casos, a diferença de tamanho tende a ser um pouco maior, mas, com sessões de fisioterapia, a simetria tende a se igualar”, afirma.

Ou seja, não esquenta. Conte com o auxílio de um professor e treine pra valer!

Posts relacionados

Deixe um comentário