Vale a pena ter o Dia do Lixo?

Existem momentos da dieta em que se vive aquele misto (não o do presunto com muçarela) de otimismo, que as gordurinhas vão sumir e os músculos vão brotar do dia para a noite, com angústia, aquela vontade de comer um mega sanduíche, com todos os adicionais, molhos e acompanhamentos de direito.

O alívio, para alguns, vem no tão aguardado final de semana, quando surgem as desculpas situações em que se acaba escapando do cardápio. Um aniversário aqui, um churrasco ali, casamento do amigo, almoço de domingo…

O Blog da Academia 24h deu seis dicas para se manter firme na dieta. Dá uma olhada.

Evite jogar sua dieta no lixo

Para algumas pessoas, sábado e domingo é sinônimo de Dia do Lixo, aquele dia em que se pode deixar a dieta de lado e comer tudo o que gosta.

saladavsfruta-baixaÉ aí que mora o perigo.

“Na verdade, o Day Off pode atrapalhar e colocar em risco o sucesso da dieta. Em meio a este processo, o aluno pode se permitir, desde que haja um bom senso e escolhas adequadas, principalmente, em eventos e aos finais de semana”, alerta a nutricionista Dra. Leticia Manduca.

Essa “rebeldia” pode atrapalhar os objetivos, afinal, a dieta vem para adequar os hábitos alimentares de acordo com objetivos e necessidades de cada um e não para, simplesmente, trocar todas as comidas que você gosta por alface.

De tudo um pouquinho

Para não comprometer o esforço da semana toda e, consequentemente, os resultados dos treinos, é preciso definir uma ou duas refeições para escapulir.

As escolhas podem ser livres, mas as porções precisam ser controladas. Comer pizza, ok, mas não precisa ser quatro fatias.

“Tem que ter foco, determinação e associar as ferramentas de forma correta. Lembrando que alimentação é a energia, vitalidade positiva e renovação orgânica da saúde”, destaca a Dra. Leticia.

Saber o que comer e aprender a controlar as porções são alguns dos caminhos para alcançar os objetivos de forma saudável.

Posts relacionados

Deixe um comentário