Conheça os hábitos que podem estar sabotando o seu treino

#

São muitas as estratégias que ajudam a melhorar o seu desempenho nos treinos, como descansar bem e ter uma alimentação saudável. No entanto, existem alguns hábitos ruins que podem sabotar todo o seu esforço.

Veja quais situações podem ser verdadeiras ciladas na hora de conquistar o corpo tão sonhado.

Não se aquecer antes dos treinos

O aquecimento é a primeira parte da atividade física e tem como objetivo preparar o seu corpo para o treino, tanto fisiologicamente quanto psicologicamente. Um sugestão é uma corrida moderada de cinco minutos na esteira. Vale lembrar que aquecimentos com mais de 20 minutos de duração podem gerar um cansaço e o seu desempenho no treino não seja tão eficiente.

 

 

 

Ignorar a dor

 

Sentir dor durante o treino é normal, afinal, você está quebrando suas fibras musculares para que elas se recuperem novamente mais fortes. Mas a qualquer sinal de dor, que não pareça normal pra você, pare imediatamente. Continuar pode trazer consequências. A dor é um sinal de que algo não está legal em seu corpo. Você pode estar com alguma lesão e ela pode se agravar. Neste caso, procure um médico assim que possível.

 

Treinar em excesso

 

Passar muitas horas na academia pode não trazer os resultados esperados. Estudos recentes mostram que é melhor treinar por menos tempo e com intensidade máxima do que ficar horas a fio se exercitando em uma zona de conforto.

 

 

Passar muitas horas sem comer

 

Ficar sem comer por muito tempo ou cortar de vez os carboidratos pode até apresentar algum resultado em curto prazo, mas, muitas vezes, não de forma saudável e segura para o organismo.  É mais indicado perder peso gradativamente do que eliminar vários quilos numa tacada só sem orientação ou conhecimento do que se pode retirar de suas refeições.

 

Seguir o treino alheio

Não copie os treinos dos seus colegas de academia. Cada pessoa tem um preparo físico e objetivo de treino diferente. Treine sempre da maneira mais individualizada possível e no seu próprio limite.

Essas são algumas de nossas dicas para que você não sabote os seus treinos. Esse conteúdo foi útil para você? Conte para gente nos comentários.

Posts relacionados

Deixe um comentário